obrigado por sua visita........ricardo

TODOS OS TEXTOS ANTERIORES ESTÃO EM ORDEM ALFABÉTICA NO LADO DIREITO - É SÓ CLICAR

sábado, 28 de fevereiro de 2009

APENAS ARTE


O que é Arte?
Muito já se escreveu sobre o tema. Incontáveis livros falam do assunto. Como artista plástico, atividade que escolhi desde 1986, leio o que consigo sobre o assunto e chego a conclusão, minha naturalmente, que quanto mais se escreve menos se sabe.

Tom Wolfe escreveu, na década de 40 do século passado, um ácido livro sobre o assunto, “A Palavra Pintada” em que ironiza a arte. Comenta que para entender determinadas obras só lendo o que é descrito em palavras sobre ela. Eu próprio muitas vezes lendo o catalogo de determinadas exposições, não vejo nada do que ali está descrito ao olhar as obras.

Então o que é Arte, pergunto de novo. Acredito que obtive a resposta num fato que presenciei ao vivo.

Desde 1994 minha esposa e eu mantemos uma exposição permanente do que produzimos, junto ao nosso atelier de verão em nossa casa de Garopaba em Santa Catarina. Fica situada no alto do Morro da Vigia, um lugar expecionalmente belo e de visão privilegiada. Nos revesamos para atender os visitantes e estar à disposição das pessoas que querem falar conosco. Estava eu a conversar com um destes visitantes e como a conversa se estendeu naturalmente, acabamos saindo para frente da exposição a fim de usufruir o fim de tarde agradável.

Neste momento aproximou-se em velocidade não compatível ao lugar, uma enorme camionete da moda. Dela desceu um casal jovem com toda a pressa de quem pretende salvar o mundo. A moça foi à exposição e o rapaz correu em direção ao fim do terreno em frente de onde poderia melhor observar as ondas batendo nas pedras abaixo. Com a mesma velocidade em que vieram e foram em direções opostas, voltou correndo o rapaz que gritou alto para sua companheira que saia da exposição:
“Espere, espere, já estou indo ver o que tem ai”. “Não precisa, respondeu a moça, não é nada. É APENAS ARTE”.

O visitante que comigo conversava, olhou para mim surpreso e querendo ver minha reação.

Naquele momento acredito ter entendido o que é Arte. Não é nada, apenas ARTE.

Quem tem seu cérebro embotado e voltado apenas a bens materiais e de moda jamais terá tempo, paciência para admirar as belezas naturais da natureza, como o jovem não viu nada de mais nas ondas quebrando nas pedras num dos locais mais belos de Garopaba, quanto mais para alguns pedaços de pano, telas, painéis e papeis especiais pintados com tintas e aquarelas.

Para estas pessoas Arte não é nada. Apenas ”Arte”.

Sou otimista incorrigível e vibrei com o fato.
Olhei para a situação com os olhos de quem coloca o holofote em cima de fatos positivos e que nos fazem crescer. Sempre haverá pessoas sensíveis que, sonhadoras que transformarão o mundo. Pessoas inquietas que colocarão sua inquietude na direção de descobrir e conhecer novos caminhos. Pessoas que colocarão sua criança interior para descobrir a magia das belezas naturais.
Pessoas ansiosas que saciarão sua ansiedade conversando com quem as façam crescer intelectualmente, com novas perguntas sobre as quais pensar. Professores que amando o que fazem ensinam a brincar fazendo nossa criança interior descobrir que “o bom não é chegar é estar indo”.

Seja curioso, pergunte o que não sabe, não faça pré julgamentos. Dê tempo para se maravilhar com o que ainda não conhece. Descubra mundos novos bem junto de você. Você ficara surpreso com o novo mundo que se abrirá a sua frente. Arte? Se o que você olhar, enxergar, ver se causar um frio estranho na espinha, uma sensação nova e desconhecida, não importa o que você está admirando. É ARTE.

Pense nisso e volte sempre.

3 comentários:

Dona Sra. Urtigão disse...

Certa vez quando eu levara as minhas caçulas, crianças ainda ao MAM RJ, ao ver uma peça exposta que era uma pia de banheiro, com um copo d'agua, eu exclamei - mas isso é arte... e a pequenina respondeu :" É , porque nunca ninguem pensou nisto antes como arte." Lições que as crianças nos dão.
Gostei do texto e principalmente do parágrafo da conclusão.
Abraço.

RICARDO BLAUTH disse...

Dona URTIGÃO

VOCE QUE AMA
A NATUREZA PURA
ESTÁ CERCADA
O DIA TODO
DE ARTE

OLHOS FECHADOS
OUVIDOS ATENTOS
MÃOS SENSIVEIS
PÉS EM PISOS
RM CONSTANTE MUTAÇÃO
CONSEGUIRÁ SENTIR
ARTE
APENAS ARTE

Helena Erthal disse...

Ricardo,
Esse friozinho na barriga, muito propagado como "enlevo", é o "X" da questão, com vc bem explicitou. Não é importante a confusão que hoje se instaura nos modismos da expressão. Tudo é expressão, mas pouco pode ser denominado de arte.

ótimo texto!
abraços,
helena