obrigado por sua visita........ricardo

TODOS OS TEXTOS ANTERIORES ESTÃO EM ORDEM ALFABÉTICA NO LADO DIREITO - É SÓ CLICAR

quarta-feira, 30 de março de 2011

SEPTUAGENÁRIO

Era uma tarde tranqüila. Guiando distraído estava a pensar no amigo que iria encontrar. Os papos que realizam juntos, sempre agradáveis, já estavam ressoando em sua mente. Todos os assuntos pendentes para aquele dia já haviam sido encaminhados ou resolvidos. De repente notou barulho de água fervendo e olhando os instrumentos do painel constatou o nível altíssimo da temperatura. Saiu da estrada e desligou o motor. Ligou para seu mecânico que logo o veio socorrer. Não acontecera o pior, pois tinha aditivo especial colocado ha muito no óleo do carro. Por que todas as coisas da nossa vida não podem ser resolvidas assim tão facilmente ? Hoje septuagenário pensa em todos os caminhos percorridos e os que ainda espera lhe estejam reservados. Querer continua sendo a sua palavra chave. Em torno dela organiza seus pensamentos, idéias e projetos. Ter amigos com quem conversar e trocar idéias é fundamental segundo seu ponto de vista. O amigo que mencionou e que estava indo visitar quando aconteceu o incidente com uma mangueira de água de refrigeração do motor, é um destes. Nada de pânico. Começar um dia deixando-o fluir na idade em que está é um dos privilégios que procura usufruir. Colocar alguma coisa em um texto curto postado diariamente no seu blog é outro prazer que descobriu em junho de 2007. Pra sua surpresa tem mais leitores diários que imaginava ser possível, talvez porque faz seus textos baseados em vivencias. Explora e compartilha suas experiências de sete décadas. Receber desafios de obras de arte por encomenda é outra experiência que de tempos em tempos acontecem. Então quanto maior for este desafio maior será a energia que fluirá de si para a obra. O dinheiro apesar de importante não é fundamental. A satisfação, o prazer sim. É um privilegiado por que há muito descobriu e que em cada novo incidente, como o do problema com a temperatura do carro não o faz esbravejar. A vida deve ser vivida como a água do rio que corre para o mar. Em tempos mansos ela se espalha em meandros caprichosos em meio a vegetação. Em momentos duros enfrenta as dificuldades se espremendo entre pedras ou por sobre elas rugindo. Metáforas a parte, sabe que chegará o dia do final da sua validade. Mas até lá procura VIVER.


ricardo GAROPABA blauth

2 comentários:

levicold disse...

Super-Duper site! I am loving it!! Will come back again – taking your RSS feeds also, Thanks.

clomid

ceheomsk disse...

I’ve been into blogging for quite some time and this is definitely a great post.Cheers!

generic paxil