obrigado por sua visita........ricardo

TODOS OS TEXTOS ANTERIORES ESTÃO EM ORDEM ALFABÉTICA NO LADO DIREITO - É SÓ CLICAR

segunda-feira, 5 de julho de 2010

PAZ E DRAMA II


A PEDIDO - veio do baú

PAZ E DRAMA

Você consegue ver a diferença ? O que é paz para você e o que é drama ? Você sabe sim, acontece que costumamos colocar tudo num só lugar. Ai a confusão está formada e fica uma daquelas coisas que pescadores chamam de “flash” quando a linha de nylon escapa do local onde está enrolada e fica ..... isto mesmo, uma confusão pra ninguém botar defeito. A vontade é pegar um canivete, faca, tesoura, qualquer coisa e cortar fora aquele “bolo” horroroso e jogar fora. Acontece que é linha caríssima, e só tem aquela para o restante do tempo que tem para pescar. A solução ? Munir-se de paciência e começar a desenlear. É uma metáfora mas na vida é a mesma coisa.

Drama e paz. Paz e drama. Quem está em paz consigo mesmo sofre dores também, mas sabe aquilo que é normal um ser humano sentir. Sabendo algo sem solução, mortes, por exemplo, afasta de si o drama.

Saudades, ausências, mortes, separações, acidentes, rejeições, duvidas, sentir-se só, medos, perdas diversas causam dores. Maiores ou menores não importa. Dores.

Aqui lembro a oração que pede forças para aceitar o que não pode ser mudado, coragem para enfrentar o que pode ser mudado e sabedoria para saber a diferença. Ao descobri-la o drama desaparece. Faz-se o que é necessário fazer, sem dramas. A descoberta da impermanencia das coisas ajuda a encontrar a sabedoria e com ela a ausência de dramas. Nisto as energias que se emanam daquele que consegue cada vez mais separar o “joio do trigo”, para usar uma metáfora bíblica, aumentará exponencialmente a paz interior a cada nova experiência.

Estar em paz consigo mesmo é um aprendizado. Existem diversas maneiras de se chegar ao mesmo fim. Não acredito em receitas, em formulas que conduzem a este fim e sim em uma vontade forte, um querer sereno e constante que fará com que o caminho para tal seja atingido. Uma vez nele, o caminhar aumentará a sua energia e vontade de prosseguir, uma jornada permanente e cada vez mais gratificante

.
RICARDO garopaba BLAUTH

2 comentários:

Sandra Botelho disse...

Essa paz, é pra nós uma busca constante, que tem que ser trabalhada a cada dia.
Bjos achocolatados

J Araújo disse...

Ricardo, passei por aqui e gostei.

abraço