obrigado por sua visita........ricardo

TODOS OS TEXTOS ANTERIORES ESTÃO EM ORDEM ALFABÉTICA NO LADO DIREITO - É SÓ CLICAR

quarta-feira, 12 de maio de 2010

COISAS PARA JOGAR FORA



COISAS PARA JOGAR FORA

Imaginação funcionando guardo coisas com as quais imagino realizar algo que já aparece pronto na minha mente. Então separo e guardo. Com o tempo é inevitável que se avolumem de tal maneira que falta espaço. De repente surge aquela fúria de organizar tudo melhor e jogar fora, descartar o que não vai ser usado. Separo o que não mais quero mas quando vejo a pilha dos “a guardar” está maior que os descartáveis. Com um problema aparentemente insolúvel em mãos vi que estava à frente de um desafio. Ouvindo o guri interior que me acompanha há muito resolvi encarar as coisas sob outro ângulo. Fiz o seguinte.....coloquei em várias caixas os “a guardar” e fechando-as lacrei-as bem colando por cima uma folha sobre a qual, com um pincel largo escrevi com tinta vermelha ”coisas que não consigo jogar fora”. Datando as caixas, guardei-as ordenadamente.
Tempos depois numa outra “fúria” de arrumação me deparei com as caixas e quase as abri para ver o que continham. Tive que fazer um enorme esforço para não abri-las. Concentrei-me no que eu próprio havia escrito e datado. Soube então que X tempo havia passado sem que eu tivesse me lembrado ou necessitado do que ali dentro estava. De posse desta informação pude finalmente descartar das caixas sem problemas. Foram entregues a outrem que certamente encontrou la dentro algo para o qual encontrou utilidade imediata e real.
Desde então tenho diminuído paulatinamente meus “guardados”. Continuam ainda muitos, confesso, mas quase nada comparado com o que armazenava compulsivamente no passado. Neste momento estou em plena reforma do meu atelier. Colocando em prática o aprendizado, consigo encontrar prazer em me desfazer de coisas que não mais me servem. Hoje tenho alegria e orgulho em vê-las nas mãos de quem as está utilizando.

RICARDO garopaba BLAUTH

2 comentários:

Mari Amorim disse...

Os amigos nos comovem com carinhos.
Não medem esforços para nos ajudar;
Fazem de tudo, não nos deixam sozinhos.
Até em milagres nos fazem acreditar!
Boas energias sempre!
Mari Amorim

RICARDO garopaba BLAUTH disse...

Alo Mari

Obrigado
Energias retribuídas com
Com mesmo carinho enviado

RICARDO garopaba BLAUTH