obrigado por sua visita........ricardo

TODOS OS TEXTOS ANTERIORES ESTÃO EM ORDEM ALFABÉTICA NO LADO DIREITO - É SÓ CLICAR

terça-feira, 31 de março de 2009

RENASCIMENTO - 31 MAR 86

Caminhando na praia num fim de tarde deixou nascer um novo SER. Não sabia disto então por isto não se deu conta na ocasião o que estava acontecendo. Cansado de estar “cansado”, tomou uma decisão. Rompeu a “armadura” que o cobria, que o travava, que lhe “pesava” nas costas e no dia seguinte colocou seu objetivo em prática.

Descobriu, muito tempo depois que se tornara outra pessoa. Que já não brigava mais consigo mesmo. Rompera grilhões e exultava sem saber porque.

O que antes lhe travava, agora o empurrava. Para frente, sempre mais para frente. As horas antes pesadas, monótonas, sem gosto, agora pareciam poucas para o tanto que queria fazer. O que sempre quis, mas que a “armadura” impedia. Parou de lutar contra si mesmo libertando-se qual borboleta saindo do seu casulo. A transformação ocorrera, agora era hora de aprender a voar.

Renascia sem saber, transformando um quase cinqüentenário, num jovem com muito para aprender. E queria muito, muito aprender, conhecer, conversar, fazer amigos. Fazer fazendo, aprender saciando curiosidades, viajar e registrar o que depois foi pintar.

Precisava de atividade. Muita atividade. Em poucos meses pintou muito, fazendo seus próprios suportes, Tudo o fascinava, entusiasmava. Já era outra pessoa porem ainda sem que soubesse que se tornara outro SER.

Anos passaram. Pintou telas, painéis. Fez gravuras em técnicas já quase perdidas, Esculpiu,
entalhou madeiras, cortou ferros e aços em formas que imaginava. Colou, soldou. Garimpou materiais que se mostravam esculturas ao seu olhar.

Foi então morar no seu sitio, onde se ouvia o silencio e todos gostavam de estar. Lá construiu seu novo atelier junto a cabana que há muito já existia e que agora era seu novo lar.

Depois disto mais histórias, conquistas pessoais, profissionais em sua nova atividade. Não sentia mais cansaços. Descobriu que quem faz o que gosta sente somente o PRAZER do fazer.

Hoje, 31 de março, passados 23 anos, festeja silencioso seu Renascimento de então. Que magicamente se renova a cada dia.

Feliz “aniversário” senhor SER LIBERTO. Hoje mais que nunca. Está mais Livre que nunca. Livre de dogmas quer SER sem deixar de TER e amar o que já conquistou.

RICARDO BLAUTH

22 comentários:

Eduardo P.L disse...

Textos auto biográficos são sempre muito pessoais! A mesma história na terceira pessoa tem outro sabor!

Forte abraço

Chica disse...

Maravilha de exemplo de vida, mostrando que tudo podemos, bastando estar atentos e atender os sinais que recebemos.Aquele cansaço, aquela falta de vontade eram sinais que tu atendeste. Lindo e parabéns.Sucesso sempre e principalmente, sem nunca mais perder a paz que conquistaste! um abração,chica

RICARDO BLAUTH disse...

ALO EDUARDO

COMENTÁRIO ENXUTO QUE TAMBÉM TEM SABOR DIFERENCIADO.

ABRAÇOS RECEBIDOS
E RETRIBUIDOS

RICARDO BLAUTH disse...

Alo CHICA

Receber elogios de pessoas como você é presente sempre apreciado.
Obrigado pelas visitas e venha sempre.

No meu abração acrescento um beijo.

Liliana disse...

Olá.

Parabéns!
Muitos sentem esse apelo mas nem todos tem coragem para se libertarem.

Um abraço

Ana Luiza F. disse...

Olá Ricardo! Vim a convite da Sueli e, como sempre acontece, seguindo uma, as pegadas que a outra deixa, nunca acontecem arrependimentos, porque tratamos de indicar somente o que é bom. Foi isto que senti aqui: texto livre e mais do que isso - libertador. Deu até uma pontinha de inveja (das boas) desse moço com jeito de criança, livre e feliz. Parabéns, volto com certeza. Bj

Conceição Duarte disse...

RIcardo, que coisa emocionante o seu texto, o seu poema de vida. Experiente, rico e sofrido. Doeu, sangrou, mas você venceu para hoje festejar. Que linda é a vida daqueles que sabem fazer dela os momentos certos, felizes, melhores, já que você mesmo acredita que a vida são MOMENTOS. E são mesmo!

Parabéns, pela sua vida tão jovem e cheia ainda de hormônios rsrsrsr. Que você tenha vida longa neste teu sentir.

Um beijo grande, e muitas , muitas felicidades.

CON

RICARDO BLAUTH disse...

Alo ANA LUIZA

Obrigado pelos elogios ao texto que
saiu num rompante, num MOMENTO.
Obrigado pelo “moço”, modelo 39, returbinado em 86.

Obrigado agora quem diz é minha criança interior,
que SEMPRE existiu
mas que agora tem LIBERDADE TOTAL.

Li teu perfil e CONCORDO com tudo que lá disses.
Sou também FALANTE, agora matriculado
num curso de ESCUTATÓRIA.
Ainda iniciante, mas com vontade de
aprender ouvindo gente inteligente,
com conteúdo a falar.

Volte SEMPRE SIM.

bjs

RICARDO BLAUTH disse...

ALO CONCEIÇÃO

GRATIFICANTE É
ESCREVER , SER LIDO
COMPRENDIDO

MOMENTOS SÃO
PARA SEREM VIVIDOS
QUANDO ACONTECEREM

SERÃO PALAVRAS
DO POEMA DA VIDA
COMO O CHAMASTE

OBRIGADO !!!
QUE MAIS HORMONIOS SURJAM
PARA VIDA LONGA SENTIR

BJS

Dona Sra. Urtigão disse...

!º)Adorei as borboletas (algumas parecem mariposas).
2º)Adorei a poesia que as acompanha.
3º)O texto dispensa comentarios, não dou parabens nem desejo felicidades pois é claro que este estágio já está atingido, então,
4º)Siga em frente, volte quando e onde quiser e
5º)Agradecida por compartilhar.

RICARDO BLAUTH disse...

Alo DONA URTIGÃO

AS BORBOLETAS SÃO IMAGINÁRIAS
A POESIA É VERDADEIRA
O TEXTO UM DESABAFO
POR MAIS UM PASSO DADO

NÃO RECEBER PARABENS
PELO MOTIVO DADO
É O MAIOR ELOGIO
DE QUEM TEM
NOVO CAMINHO A TRILHAR
SEGUIREI SIM EM FRENTE
COM AMIGOS
COM QUEM PARTILHAR

Sueli disse...

"... amar o que já conquistou."
Não poderia ter encerrado de melhor forma o seu texto, que por si só já é muito interessante, mas o ser humano tem a tendência de não dar valor ao que já tem. Perde tanto tempo pensando no que ainda não tem, que, muitas vezes, ao se lembrar do que já tem, não tem mais. Tinha. Abração!

RICARDO BLAUTH disse...

ALO SUELI

QUE BOM QUE DESTACASTE
O QUE MUITO VALOR TEM
CONQUISTAR NOVOS PENSARES
NOVOS ESPAÇOS
NOVOS AMIGOS
SEM PERDER OS QUE JÁ SE TEM
RESPEITAR NOSSO PASSADO
É REFORÇAR OS MOMENTOS
QUE VIRÃO

Alessandra disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Alessandra disse...

Oi Ricardo, olha eu aqui de novo!!!!
Parabéns, você conseguiu algo que muitos ainda estão a esperar sem saber como alcançar, ou como fazer acontecer...gostaria muito de poder
fazer o mesmo...SER sem deixar de TER e, principalmente, nunca deixar de amar!!
Abraços

Alessandra

RICARDO BLAUTH disse...

Alo ALESSANDRA

Você aqui de novo é um PRAZER.
Se você ler meus textos,
verá que meu objetivo de vida, daqui pra frente é COMPARTILHAR.
Conversar com os AMIGOS, FAZER NOVOS,E TALVEZ POR OSMOSE AS PESSOAS DESCUBRAM QUE O QUE CONSEGUI É “SIMPLESMENTE” ........
SABER PRA ONDE IR, QUERER.

FÁCIL!!!!!!!

Não acredita???????

Este é o “problema”........

ACREDITE EM VOCE MESMA

“ESTÁ TUDO DENTRO DE VOCÊ”

bjs

Alessandra disse...

Oi Ricardo

É UMA DÁDIVA DIVINA A GENTE CARREGAR DENTRO DE SI OUTRO SER, EM FORMA DE POESIA, UM SER QUE EMANA LUZ, SONS E SONHOS UM SER QUE SEDUZ, CANTA E ENCANTA.

Beijo

Alessandra

Alessandra disse...

Bom dia Ricardo,
que este seja mais um dia cheio de luz para você!

Beijo

Alessandra

RICARDO BLAUTH disse...

alo ALESSANDRA

OBRIGADO

MOMENTOS VIRÃO
QUE LUZES BRILHARÃO
MAIS FORTE

BJS

sonia a. mascaro disse...

Ricardo, cheguei aqui para ler o seu Renascimento! Uma história de vida emocionante! Um exemplo de quem conseguiu soltar as amarras e alçar um novo vôo. Você procurou e conseguiu encontrar um Novo Ser e realizar seus projetos. Parabéns! É um exemplo a ser seguido em qualquer idade.
Um grande abraço.

ricardo blauth disse...

Alo Sonia



Obrigado.

Realmente hoje passado já tanto tempo, cada dia me convence mais que tomei a decisão certa



abrs



RICARDO garopaba BLAUTH

Wania disse...

Ricardo que linda esta tua história de vida!
Que bom que tu pôde renascer e deixar este teu moleque interior se expressar... sábio ele, hein???
Que não cresça nunca!!!!

Bjssss.