obrigado por sua visita........ricardo

TODOS OS TEXTOS ANTERIORES ESTÃO EM ORDEM ALFABÉTICA NO LADO DIREITO - É SÓ CLICAR

sexta-feira, 20 de março de 2009

DESEJO DE LIBERDADE



A dedicatória da artista que autografava seu livro de arte dizia: “The dreams are all we have” - os sonhos são tudo que temos. É uma das cenas mais tocante de um velho DVD que garimpei na locadora e que acabei de assistir.

O filme apesar de contar com bons artistas, não daqueles que atraem grandes multidões. Com poucos diálogos, pois as cenas falam por si. Não é um filme de assistir indiferente, se você gosta de cinema, cinema. Desculpe a repetição da palavra pois eu que gosto de cinema vejo cada vez menos, bons filmes. Principalmente morando longe de Capitais onde ainda sempre algum empresário idealista, mostra em suas salas de projeção filmes, filmes. Novamente e intencionalmente repito palavras. Eu disse cinema e não grandes produções em que o orçamento é dividido ao meio sendo a metade em marketing gasto antes e durante as filmagens. No lançamento mundial filas se formam a espera do prometido e geralmente em poucas semanas os milhões de dólares (já reparou que quando falam de grandes números é sempre dólares?) investidos são recuperados.

Não vou contar o filme. Se gostar da indicação veja você mesmo. “Desejo de Liberdade” é o nome. História de três mulheres com passados diferentes, vivendo um presente que as colocam em situações limites. Sem se conhecerem reúnem coragem para mudar suas vidas.

Quantos de nós talvez vivamos situações semelhantes com medos reprimidos, dificuldade de encarar a realidade, duvida para acreditar em si mesmo e principalmente por acomodação, aceitam a infelicidade e tristeza permanente.

“O sonho é tudo que temos” dizia a dedicatória mencionada no inicio. Sonho de viver como criança que faz seus castelos de areia, que se balança tentando com os pés alcançar as nuvens. Onde está ela agora? Converse com sua criança interior, ouça o que ela tem a disser. Que o adulto que você é agora se permita parecer ridículo muitas vezes. Seja você mesmo. Descubra o seu Querer.

Cedo ou tarde vamos ter que fazer isto. Todos nós caminhamos inexoravelmente em direção ao fim. Que o durante, que é a nossa vida seja prazeroso. Só podemos fazer isto sabendo agora o nosso Querer.

Tenho para minhas crônicas futuras diversas anotações armazenadas no computador. Incrivelmente os títulos já estão prontos, quase falando por si. “Fazer o brinquedo é parte da brincadeira”, “O bom não é chegar, é estar indo”, “Uma idéia é como uma preciosa flor”, “O que é Suficiente?”, “Pra quem você trabalha?”, “Como e porque chutei o Balde”, além de dezenas mais. Todas vão ser exploradas com mais palavras formando textos que preciso colocar pra fora.

É o meu QUERER. Fico feliz quanto completo mais uma Crônica. COMO VOCÊ FICARÁ QUANDO REALIZAR, POUCO A POUCO OS SEUS QUERERES.

Compartilhando, divido e dedico a você minhas experiências, colocadas em palavras. Termino escrevendo o que está na capa do DVD, do filme comentado no início: “Elas decidiram seguir seus corações e mudaram suas vidas”.
Descobriram o que Queriam e foram

2 comentários:

Sueli disse...

Sim, meu amigo, eu me permito parecer ridícula muitas vezes, mas ridícula para determinadas pessoas, pois para mim, nunca sou nem nunca serei. Entendi bem o que você quis dizer neste seu texto e compartilho de tudo. Somente com relação aos sonhos é que eu gostaria de contar como é para mim. Meus sonhos esão bem próximos da realidade. Não perco tempo em sonhar a longo prazo, pois não me perdoaria perdê-los por falta de tempo, ou melhor, falta de vida. Como me acostumei a viver somente o presente, sonho sonhos que deverão acontecer ainda hoje... e isso é muito bom). Grande abraço!

Conceição Duarte disse...

RICARDO, VOU VER O FILME COM TODA CERTEZA!

mUDAR, TRASNFORMAR E SONHAR É PRECISO, SEMPRE!

mUITO LEGAL, DEPOIS QUE ASSISTIR O FILME, EU TE CONTO... bJUS con