obrigado por sua visita........ricardo

TODOS OS TEXTOS ANTERIORES ESTÃO EM ORDEM ALFABÉTICA NO LADO DIREITO - É SÓ CLICAR

quinta-feira, 7 de julho de 2011

DO BAÚ # 8

ATIVIDADE


Seu antônimo é inatividade. Cada um deveria se conhecer o suficiente para saber se gosta ou consegue se manter inativo, tendo condições financeiras para tal. Em alguns momentos, felizmente poucos, tenho inveja dos que o conseguem. Manter-me ativo para mim é essencial, é vida, é prazer. Inatividade deixa-me ansioso, mais do que já normalmente sou.

Quando se preenche algum formulário com nossos dados, está sempre lá a pergunta, Profissão. Para minha grata surpresa quando iniciei o site-blog vi , ao preencher o meu perfil que além desta tradicional pergunta Profissão, colocaram outra, Atividade. Acredito que Atividade e Profissão deveriam ser a mesma coisa para todos. Infelizmente na maioria das vezes não o são.

Atividade deve ser algo que gostamos, sentimos prazer em realizar. Trabalhar então nesta Atividade será então meio caminho para conseguir Qualidade de Vida. O prazer de fazer algo que gostamos é o ingrediente principal para isto. Qualidade de Vida inclui outros fatores claro, que você pode relacionar, mas confira e verá que se fizer o que gosta tudo se torna mais fácil, inclusive alcançar sucesso financeiro que a maioria acredita ser o ingrediente principal.

Quando disse que muitas vezes invejava os que conseguem se manter inativos é porque alguma vezes somos forçados a Inatividade. Duvida? Pense e confira comigo. Consulta marcada com médico, dentista, etc, o mesmo atrasa. Já fiquei mais de 3 horas aguardando “hora marcada”. Transito, você, motor ligado, não sabe por quê da parada compulsória. Caos aéreo, tão em moda infelizmente e com nenhuma solução definitiva a vista. Impontualidade em cerimônias, festas, que você por educação, obrigação ou interesse tem que tolerar ou suportar.

A atividade é saudável aos nossos neurônios. Conseqüentemente seu contrário, a inatividade, os prejudicam. Agora mesmo faço este texto para combater a inatividade e fazendo o que gosto manter ocupada minha mente e mãos, escrevendo. Aguardo consulta médica de rotina e ainda faltam 28 minutos para minha hora marcada. Terei sorte se o médico me atender no horário. Prevendo isto trouxe caderno e caneta. Que bom se tudo fosse sempre normal, a pontualidade fosse respeitada, o transito fluísse.

Descobrir o que se gosta e dirigir nossa atividades nessa direção é meio caminho andado. Atividade é movimento, ação e deveria sempre ser prazerosa. Nem sempre o é. Para isto devemos estar sempre preparados com alternativas.

Minha nova atividade escrever, proporciona condições de fazer isto. Estão cada vez mais aumentando as oportunidades de computadores mais leves, e acessíveis financeiramente. Quando isto ocorrer, espero que inatividades forçadas se transformem em oportunidade de Atividade prazerosa, em Qualidade de Vida.



RICARDO garopaba BLAUTH

2 comentários:

Dialética de Umbigo disse...

Boa noite Ricardo, lendo seu post me reconheci inativamente inativa rsrs e embora isso devesse ser ocupado por atividades prazerosas, e em alguns momentos até são, eu ao contrário me encho de ânsias, repulsas, imediatismos e quase que permanentes momentos depressivos. Mente vazia realmente não é bom! Vou me voltar um pouco mais a atividades extra casa porque do jeito que vou indo meu cérebro vai enferrujar. Exagerando um pouco, pois assim como você em momentos inativos forçados eu também acabo que exercitando a escrita e publicando pensamentos. Continuemos então... Abraço.

ricardoGAROPABAblauth disse...

alo DIALÉTICA DO UMBIGO

é assim mesmo...acredito que ocorre com todos, confessadamente ou não...rsrsrsrsrsrsrsrsr