obrigado por sua visita........ricardo

TODOS OS TEXTOS ANTERIORES ESTÃO EM ORDEM ALFABÉTICA NO LADO DIREITO - É SÓ CLICAR

quarta-feira, 29 de junho de 2011

CONTOS DE FADA

O filme conta a história de uma atraente prostituta que conhece por acaso um homem milionário, que a contrata por uma semana e que acaba apaixonando-se por ela. No período em que a garota é contratada pelo milionário, ela a transforma em uma mulher elegante, para acompanhá-lo em seus compromissos sociais. No entanto, os dois começam a se envolver mais profundamente, nascendo uma grande e divertida amizade, além de um carinho imenso, e assim, a relação cliente/garota de programa modifica-se para um relacionamento envolvendo sentimento entre homem e mulher. Os dois acabam se apaixonando verdadeiramente e terão que enfrentar tudo e todos para poderem vivem esse grande amor, que é cercado de muitos preconceitos da sociedade, pelo fato dela ser uma simples proletária pobre de subúrbio e ele, um homem conceituado perante as pessoas, pelo dinheiro que tem.

Mas o filme tem mais. Neste conto de fadas moderno, o “predador financeiro” descobre que nada deixa atrás de si e decide mudar.

Verdade, mentiras, ficção ou possíveis realidades.

Otimista que sou prefiro pensar que momentos são para serem vividos e que acasos podem nos levar a pensar novas realidades. O filme mostra iso se utilizando sabiamente de atores em início de carreira mas já com charme, beleza e carisma para atrair multidões dispostas a pagar para durante 119 minutos viver o sonho, o conto de fadas de “Uma Linda Mulher”.

Adoro filmes. Cinéfilo assumido acredito que ver e rever filmes nos torna um pouco melhores, mas sem nunca deixar de ler. Lá é que nossa imaginação voa e completa as cenas. Mas filmes são o descanso da mente que ainda assim encontra cenas que deixou passar, ou que agora setentão consegue ver novos angulos a explorar.



RICARDO garopaba BLAUTH

Um comentário:

Marli Borges disse...

Você tem toda a razão. Ao rever os filmes, na maturidade, a gente faz outra leitura.
Bjsssssss