obrigado por sua visita........ricardo

TODOS OS TEXTOS ANTERIORES ESTÃO EM ORDEM ALFABÉTICA NO LADO DIREITO - É SÓ CLICAR

segunda-feira, 28 de fevereiro de 2011

MORRE UM IMORTAL

Moacyr Scliar. Médico, escritor, gaúcho, judeu e um ser humano admirável. Li quase todos seus livros e minha admiração certamente têm coro em muitos. Infatigável fazedor de novos leitores, aproveitava todas as oportunidades de estimular a leitura. Não se fazia de rogado para falar para jovens estudantes. Tive o privilégio de participar de muitas destas conversas. Moacyr não perdia a linha mesmo quando dizia que existia “literatura.....E......literatura”. Numa destas ocasiões uma jovem que assistindo à palestra entendeu o recado, disse desafiadoramente: “Eu leio Paulo Coelho.......e daí ? ” Moacyr num bate pronto respondeu “Ótimo, a casa da leitura tem várias portas”. Moacyr era um incansável. Escrevia, acredito com facilidade, em cima de temas propostos. Um exemplo são suas crônicas aos domingos num suplemento semanal de jornal portoalegrense. Sempre versaram sobre os temas do caderno dominical. O último livro seu que li está ainda latente em minha memória. “A Mulher Que Escreveu a Bíblia”. Imperdível. Um texto de um ser humano admirável como disse no início. Morreu um imortal. Na academia que fazia parte foi rápida sua permanência. Certamente porque foi requisitado para níveis superiores. É o que acredito.


RICARDO garopaba BLAUTH

2 comentários:

byTONHO disse...



"Por aqui as coisas andam tão rasteiras, que dá vontade de ver os tais níveis superiores."

:)

Ricardo garopaba Blauth disse...

alo Tonho

viva momentos
tais como são
"futuros"
nada resolverão
pois são momentos
a serem vivido
quando.......
se chegarem

abrs
ricardo GAROPABA