obrigado por sua visita........ricardo

TODOS OS TEXTOS ANTERIORES ESTÃO EM ORDEM ALFABÉTICA NO LADO DIREITO - É SÓ CLICAR

quinta-feira, 20 de janeiro de 2011

DOMINGO NA BARRINHA

Guarda sóis coloridos resguardam à sombra criança brincando. Absorta como só a inocência pode ser. Seus tesouros, um balde, uma pazinha e toda a areia que precisar. No seu mundo tudo corre bem. Adultos de longe a vigiam e protegem. Completa em si mesmo nada lhe falta. Vive intensamente sem o saber. Soberana do seu domínio, reina absoluta. Som do mar se une a brisa refrescante. Ao longe gritos de outras crianças se mixam a sinfonia natural deste domingo na barrinha. Um domingo a beira mar, em frente a um patrimônio cultural, um sambaqui e oficinas lítigas ignorados pela maioria dos freqüentadores. Um terço de janeiro se completando. Para muitos o último dia, Para outros o primeiro da temporada. A tudo isto crianças brincando valorizam o momento. Duas passam correndo rumo ao mar. Outra há muito já está lá pulando e rindo. Incansável, não para quieta um instante sob a vigilância da paciente mãe. A tarde avança. Muito sol ainda até à hora dele se por. Mas para nós hora de ir. A barrinha estará aqui quando quisermos voltar. Como esteve há mais de quarenta anos quando aqui chegamos a primeira vez.


RICARDO garopaba BLAUTH

2 comentários:

Parole disse...

"Completa em si mesmo nada lhe falta. Vive intensamente sem o saber. Soberana do seu domínio, reina absoluta."

Que palavras lindas para definir um tempo que não volta mais... Que delícia ser criança.Maravilhoso seu texto.Gostei demais.Bjs

ricardoGAROPABAblauth disse...

UAUHHHHHHH PAROLE...........

Agora relendo o trecho que salientaste vejo a poesia ...........
Na hora saiu espontânea a partir do via na minha frente....
Obrigado

RICARDOgaropabaBLAUTH