obrigado por sua visita........ricardo

TODOS OS TEXTOS ANTERIORES ESTÃO EM ORDEM ALFABÉTICA NO LADO DIREITO - É SÓ CLICAR

quarta-feira, 17 de novembro de 2010

SEM PRETENSÕES AO PÓDIO

SEM PRETENSÕES AO PÓDIO

Quem não tem pretensões ao pódio acredito poder viver mais e melhor. O competidor deve estar sempre atento, em estado de permanente tensão controlada, em concentração absoluta, focado no que pretende atingir. Livre do compromisso de competir pode se dedicar em alcançar seus objetivos de modo natural. Isento de competições conseguirá abrir canais para atividades prazerosas, conseguindo saberes com sabores. Porque chegar à frente? Qual o preço a pagar por tamanha façanha? Só um pode chegar ao topo. Prefiro então a companhia dos que gostam de compartilhar, de repartir emoções e conhecimentos. De jogar pelo prazer da atividade sem as tensões do “ganhar”. Ter uma atividade é saudável. Fazer dela um objetivo para o pódio deve ser altamente desgastante, pois qualquer coisa na hora da competição pode ser o motivo de que frustrações. Nestas horas me lembro de Michael Jordan, extraordinário jogador de basquete que diz “é fantástico receber alta grana por uma coisa que faria de graça”. Que ótimo seria se todos tivessem a graça de poder fazer o que gostam e ainda repartir, sem falsos pudores, seus sentimentos publicamente. O pódio deve ser um lugar solitário por ser cobiçado por muitos que só um pode alcançar. Atrás virão outros tentando superá-lo em ocasiões futuras. Felizes as oportunidades de fazer o que se ama. O resultado será mais gratificante que um solitário no pódio pode usufruir. Que tal “jogar conversa fora” pelo simples prazer de conversar ? Sem pretensões é facilmente alcançável e prazeroso. O resultado maior, mais alto e permanente que qualquer pódio pode oferecer.


RICARDO garopaba BLAUTH

Um comentário:

Sandra Botelho disse...

verdade viu?
É como se matar de estudar pra passar no vestibular e depois ficar sabendo que o fulano não estudou e passou...Caraca.
Bjos achocolatados