obrigado por sua visita........ricardo

TODOS OS TEXTOS ANTERIORES ESTÃO EM ORDEM ALFABÉTICA NO LADO DIREITO - É SÓ CLICAR

segunda-feira, 7 de setembro de 2009

ESTOU SOLTO


ESTOU SOLTO

O titulo me saltou a mente quando visitando um blog vi esta frase atribuída a Clarice Lispector: "Vou te fazer uma confissão: estou um pouco assustada. É que não sei aonde me levará esta minha liberdade. Não é arbitrária nem libertina. Mas estou solta." Clarice Lispector

Acredite a liberdade pode assustar. Já escrevi diversos textos falando sobre a nova pessoa que surge quando a mesma se auto descobre. Libertário e espantado com os novos caminhos que se abrem a frente que antes não víamos, que nem ousávamos saber que poderiam existir.

A maior dificuldade é uma potencial paralisia causada pelas inúmeras possibilidades que se abrem com a liberdade conquistada. Não foi por outro motivo que Luis Fernando Veríssimo escreveu numa crônica na Veja em 1988 quando lá tinha um página semanal: “ os loucos são livres e vivem presos por isso”

Total liberdade cria uma falsa ilusão que poderemos tudo quando a própria física mostra que dois corpos não podem ocupar o mesmo espaço ao mesmo tempo. Costumo brincar que não importa quantas cadeiras sejam suas você só tem uma bunda.

Que fazer então? Escolher, decidir, colocar em ordem suas expectativas, e dedicar-se por inteiro naquela que deve ser a que você mais gosta , com a qual tem mais prazer e alegria. Isto se refletirá positivamente naquilo que está executando.

Dificilmente alguém não gostará de Clarice Lispector. Porém querer encontrar soluções para tudo que ao nosso redor constatamos de errado, torto, malfeito, displicentemente sendo executado é caminho rápido para ficar assustada como ela afirma acima.

O Medo é inerente ao ser humano. Devemos agir apesar dele. Respeitando-o, sabendo que mostra os nossos limites e tentar se aprimorar cada vez mais naquilo que se executa, dentro de todas as regras de segurança possíveis, mas agir dentro de limites aceitáveis. Isto é a coragem para fazer o que pode ser feito, apesar do medo.

Sabedoria é o que precisamos adquirir para ver, enxergar o que já está solucionado, mesmo de forma que julgamos errado. Concentrar nossas energias na direção do possível e reunir a coragem para enfrentar a liberdade conquistada. Conversar, trocar idéias com outras que pensam na mesma direção, ler e se manter atualizado com o que rapidamente está mudando a nossa volta ser tremendamente útil para tomar as decisões que se não forem 100% acertadas estão apontando para aquilo que projetamos. Pequenas correções de percurso sempre serão necessárias, assim como estar focado no que está realizando. com prazer tanto quanto possível.


RICARDO garopaba BLAUTH
Para ilustrar esta crônica escolhi uma obra minha da série "CULTURA GAÚCHA" onde aparece um peão feliz fazendo seu trabalho

5 comentários:

Teresa disse...

A liberdade é um conceito muito complexo, porque nós ninca somos totalmente livres. Quando estamos mais soltos, não deve tolher-nos o medo, mas sim a responsabilidade.
Bjs

Graça Pereira disse...

Liberdade, ás vezes é uma faca de dois gumes... sabê-la usar com moderação e inteligência, sob pena de a eliminarmos para sempre. Um bj Graça

RICARDO BLAUTH disse...

ALO TERESA E GRAÇA

a liberdade depende do nosso querer e ponto de vista.

obrigado pela visita

RICARDO garopaba BLAUTH

Sueli disse...

Liberdade nos assusta porque, infelizmente, os conceitos aos quais somos expostos após o nascimento privam-nos de conhecê-la. Abração!

ricardo blauth disse...

alo SUELI

Comentário verdadeiro.
Precisamos para usufrui-la da energia de nós mesmos, nossos melhores amigos.

bjs